pt ·en

Lagoalva

The Haras

Lagoalva

The Haras

A actual coudelaria teve as suas origens em finais do século XVIII, na Herdade da Apostiça, perto de Sesimbra e, em 1848, foi transferida para a Quinta da Lagoalva, pelo 2º Duque de Palmela, Domingos de Sousa Holstein, uma propriedade herdada por sua mulher, Maria Luísa Noronha de Sampayo, Condessa da Póvoa, sendo este o ano dos primeiros registos da Coudelaria da Quinta da Lagoalva.

O seu grande impulsionador foi o 4º Duque, e também Marquês do Faial, Luís Borges Coutinho de Medeiros, que juntou à éguada da casa um grupo de vinte e quatro éguas compradas à coudelaria do Duque de Toledo, título usado pelo Rei Afonso XIII de Espanha, para poder criar cavalos, com sentido comercial.

After her death the Haras was handed over to her niece, Isabel Juliana de Sousa e Holstein Beck Campilho, daughter of the 5th Duke of Palmela.

At the end of the 19th century, the mares were beneficiated by stallions of the National Coudelaria.

Later, stallions of the Veiga and Andrade stud farms were used.
More recently semen of stallions in dressage competition has been used.

The Haras – Videos

4th July 2018, Horse Fair in Ponte de Lima.

Lagoalva is dedicated to raising horses to:

  • Recreation
  • Bullfighting
  • Dressage
  • Competition

More informationScheduling Visits | More details about the horses